História – prova 23/ setembro

Resumo

Ciclo do Ouro

– Foi o mais rápido dos ciclos XVIII, durou de 30 a 60 anos
Regiões que concentravam atividade de mineiração:
– Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais
Ouro
Não existia prata
Esperaram 200 anos para exploração de ouro mas valeu a pena.
Havia duas técnicas para exploração:

Aluvião (extração: pequenos riachos e córregos)
– pequena produções
– poucos investimentos
– rápido esgotamento
instumentos: almocafre e batéia

Lavra (extração: minas)
– grandes produções
– grandes investimentos

Quem contralava a atividade de mineração…
Intendência das Minas
funções:
distribuir as datas (terrenos)
– cobranças dos tributos
* quinto (um quinto do ouro é do rei/ 20% da produção)
* finta (imposto anual, proporcional cobrado de toda região mineradora)
* derrama (cobrança dos impostos atrasados/ senão pessoa era exilada)

Diamantes
Região: Goiás
* Distrito De Diamantino (só pode ir com ordem do governo)
Estando: monopólio régio (apenas do rei)
– Real extração
* Retirou tanto que houve DEFLAÇÃO
preço caiu, devido a quantidade..

Consequências

Crescimento demográfico. De +/- 330.000 hab. foi para +/- 3.500.000 hab.
Imigração de Portugal para Brasil – aproximadamente 40% da população
* Ocupação do interior
Eixo econômico: NE – Sul
* Crescimento do comércio interno
Mercadoria mais procurada – escravos
* Intensa produção cultural
Barraco
– Em meados do século XVIII houve esgotamento das minas e decadência da mineração
1703 – Tratado de Methuen
“Panos e Vinhos ” – Portugal e Inglaterra
Inglatera vai comprar todo o vingo de Portugal
Brasil
Influências externas
* iluminismo
* revolução americana
* revolução industrial
* revolução francesa
irá ocorrer CONFLITOS…

Conjuração Mineira
Em 1789
– Mineradores    |  clero
– Prop. terras      |  intelectuais
– Comerciantes   |  militares
Movimento Elistista

* Fatores da Revolta
– crise ecoômica (região mineradora)
– arrocho/derrama fiscalista

* Objetivo
Emancipação
– Isolamento/ geográfico
.popular
.escravos
Joaquim José da Silva Xavier – Tiradentes

Conjuração Baiana
Revolta dos Alfaiates
– comerciantes    – clero
– maçonaria          – grandes prop.
– intelectuais

* Objetivo
– Emancipação do Brasil
– República
– Governo de igualdade racial/ social

* Intensa participação popular
Negros/ mestiços

Fuga da Família Real p/ Brasil
Final do séculos XVIII
Euroupa – Guerras Napoleônicas
– Bloqueio Continental
* Invasão da Península Ibérica
> Portugal
> Espanha

28/01/1808
Abertura dos Portos
FIM do Pacto Colonial
Emancipação Econômica

Brasil mudou de status
– Reino Unido

Em 1821 ocorreu Revolução do Porto
Foi um movimento liberal-burguês
* Fim do absolutismo
* Retorno da Família Real
* Reconolonização do Brasil/ Restauração do Pacto Colonial..

09/01/1882
Dia do “Fico” ( ele aceita liberar o processo do Brasil)
07/09/1822
Emancipação política

Primeiro Reinado
Imperador D. Pedro I
– Guerra da Independência
*PA *MA *PI* BA * Cisplatina
Essas províncias não queriam se separar, a presença dos portugueses eram muito forte.
– Mercenários ( soldados estrangeiros, poloneses e alemães, pagos)
Governo sufocou e controlou as províncias

Organização – Estado
Assembléia Nacional Constituinte – 1823
grupo de pessoas de um país fazendo constituinte.

Constituição da “Mandioca” 1823
– Catolicismo – oficial
– voto censitário (necessário uma renda) *a renda era calcudada atrás da produção de mandioca
Enquanto a constituição estava sendo forte..
10.11.1823 “Noite da Agonia”
D. Pedro I dissolveu a constituinte

Constituição 1824
1ª outorgada ( na marra)
– monarquia hereditária
– liberdade religiosa
– voto censitário + 100$000
– 4 poderes: legislativo, executivo, judiciário e moderador (dá autoridade para o rei)

Conferedação do Equador 1824
PE* RN* CE* PB
Movimento de secessão
capital: Recife
– república
* autoritarismo D. Pedro I
* autorga const. 1824
* crise econômica NE – baixos preços/ açúcar

Reconhecimento da Independência
EUA – Doutrina Monve “América para os americanos”
Isso significava que América não queria que a Europa se intrometesse em seus problemas.
PORTUGAL
INGLATERRA

Guerra da Cisplatina
Conflito:
Brasil perdeu a guerra e Cisplatina
Essa província não se sentia fazendo parte do Brasil, ela tinha costumes diferentes, modos diferentes.
+/- £ 2.000.000.00 foi gasto
+/- 8.000.000 soldados

D.P.I – intensa oposição
* elites rurais (gpt)
07.04.1931 Abdicação D. Pedro I (passar o direito a outro)
para seu filho D. Pedro II

resumo feito..
________
murilo

Nenhuma resposta to “História – prova 23/ setembro”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: